Fale Conosco

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que está em Dubai para participar da Expo 2020, divulgou a novidade em primeira mão. Segundo ele, a temporada já está inclusive aprovada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Entre os navios esperados estão: Seaside, Splendida, Preziosa e Sinfonia, da MSC, e Smeralda e Fascinosa, da Costa Cruzeiros.

Uma portaria que autoriza o retorno dos cruzeiros à Costa Brasileira deve ser publicada nos próximos dias e dará sinal verde para a temporada. A novidade, segundo o próprio MTur, só foi possível graças a aprovação dos Ministérios da Saúde, Justiça, Infraestrutura, Turismo e Casa Civil.

A próxima etapa consiste no detalhamento e definição dos protocolos sanitários por parte da Anvisa que deverá ser anunciado nos próximos dias.

“Pessoal, estamos em Dubai e por aqui já começou a temporada de cruzeiros. E em primeira mão, damos a notícia de que teremos cruzeiros marítimos no Brasil este ano. A temporada está autorizada pelo governo! O presidente Jair Bolsonaro determinou empenho total para que nós conseguíssemos liberar, porque os navios geram 42 mil empregos no Brasil, entre diretos e indiretos. Teremos uma temporada belíssima esse ano”, disse Gilson.

Com isso, os cruzeiros voltarão a navegar nas águas brasileiras entre novembro de 2021 e abril de 2022, possibilitando que brasileiros se juntem às mais de 2 milhões de pessoas que já voltaram a navegar pelo mundo desde que os cruzeiros retomaram suas operações com sucesso, em cerca de 50 países.

A retomada dos cruzeiros deverá injetar R$ 2,5 bilhões na economia nacional e gerar cerca de 35 mil empregos.

Entre as principais medidas que deverão ser definidas pela Anvisa, estão: testes pré-embarque em todos os hóspedes, com triagem rigorosa; tripulantes vacinados, com três testes antes de entrar em serviço e quarentena; uso de máscaras, distanciamento, ocupação reduzida, ar fresco sem recirculação, desinfecção e higienização constantes. Excursões seguirão os protocolos das Companhias Marítimas e dos municípios.

 

 

 

Redação com informações do Mercado e Eventos.