Fale Conosco

Integrantes do alto escalão do governo, quatro militares receberam mais de R$ 100 mil no mês de junho. Os valores são superiores ao recebido pelo presidente Jair Bolsonaro.

Os militares que receberam o generoso salário foram, segundo apuração do jornalista Igor Gadelha:

  • O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, com R$ 100,7 mil;
  • O general Luiz Eduardo Ramos, atualmente na Casa Civil, com R$ 111,2 mil;
  • O vice-presidente Hamilton Mourão, com R$ 108,7 mil;
  • O general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que recebeu R$ 107,2 mil.

Bolsonaro, que teve aumento de 6% do salário, recebeu R$ 41,6 mil, menos da metade do subsídio de seus colegas do Planalto.

O incremento do salário foi possível após o Ministério da Economia publicar uma portaria que alterou a regra de recebimento de salários fora do teto constitucional. Conhecido como “teto duplex”, ele beneficia, principalmente, o alto cargo do funcionalismo que acumula duas funções, como o presidente da República, os ministros, militares que ocupam cargos comissionados ou eletivos, etc.

Atualmente, o teto constitucional é de R$ 39,2 mil, valor do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

IG