Fale Conosco

Foi preso na tarde deste domingo, em Guarabira, o advogado Fábio Meireles sob a justificativa de desacato. Fábio é um dos representantes da Coligação Somos Todos Guarabira, que tem Roberto Paulino como candidato a prefeito pelo MDB, e foi algemado e derrubado no chão durante a abordagem.

No momento da prisão de Fábio, o Major Silva Ferreira afirma que ele estaria “desequilibrado”, o que é negado pelo advogado. Os vídeos reproduzidos abaixo foram feitos por populares no momento da prisão.

Confira:

Por meio de nota, o ex-governador Roberto Paulino, relatou seu apoio às instituições e às autoridades envolvidas no pleito eleitoral. O manifesto do candidato a prefeito de Guarabira se dá em decorrência da ação de policiais militares do IV BPM contra o advogado Fábio Meireles.

O tempo em que reconhece o papel das instituições, Roberto Paulino também reconhece, publicamente, a idoneidade e a honorabilidade do advogado Fábio Meireles e destaca: “meu amigo pessoal, profissional respeitado por sua categoria e por toda sociedade”.

Na nota, Roberto Paulino oferece sua experiência para buscar maneiras de serenar os ânimos nas eleições em Guarabira.

Leia a nota:

“Manifesto o meu apoio às instituições e às autoridades envolvidas no pleito eleitoral que devem cumprir o seu papel constitucional para o fortalecimento da democracia, considero o diálogo institucional como melhor saída para os momentos mais difíceis.

Registro o meu reconhecimento público à idoneidade e à honorabilidade do meu amigo pessoal, Dr. Fábio Meireles, ex-presidente da OAB seccional Guarabira, profissional respeitado por sua categoria e por toda a sociedade.

Ofereço a minha experiência no sentido de buscarmos a melhor forma possível de serenar os ânimos nesta eleição.

Roberto Paulino”