Fale Conosco

O vereador Olímpio Oliveira, por meio das suas redes sociais, cobrou nesta quinta-feira (20), o prometido e amplamente propagado pelo prefeito de Campina Grande Bruno Cunha Lima, durante a sua campanha eleitoral de 2020, referente ao ‘Maior Programa de Microcrédito da História de Campina’. Segundo Olimpio, passado mais de um ano da atual gestão, são inúmeros os casos de campinenses desempregados que apelam pela caridade das pessoas, por falta de crédito da prefeitura para que pudessem desenvolver seus sonhos de empreender na cidade.

“Comprar amendoim para trabalhar no sinal, adquirir um carrinho de mão para pegar frete na Feira ou ganhar uma caixa de isopor para vender Dindim, são sonhos modestos de campinenses desempregados tentando gerar os próprios empregos. Precisamos ir além da caridade das pessoas de bom coração, os governos precisam alcançar essas pessoas com o necessário Programa de Microcrédito. Afinal, os campinenses esperam há mais de um ano o cumprimento da promessa da campanha para prefeito de que teríamos o “Maior Programa de Microcrédito da História de Campina”, disse Olimpio por meio das suas redes sociais.

O vereador lembra, que como parlamentar já apresentou na Câmara Municipal de Campina Grande, o Projeto de Lei n° 427/2021, que autorizava crédito suplementar adicional remanejando R$3 milhões do orçamento municipal destinado a eventos, para serem realocados à Agência Municipal de Desenvolvimento (AMDE), no objetivo de salvar os pequenos negócios, na cidade.

Segundo o vereador, sua luta era para que esses recursos fossem destinados o mais breve possível pela Prefeitura para que a AMDE possa conceder empréstimos para salvar da falência os pequenos empreendedores. De acordo com o projeto desses R$ 3 milhões, R$ 2 milhões seriam destinados para a Concessão de Crédito a Microempreendedores Formais e R$ 1 milhão para Concessão de Crédito a Microempreendedores Informais.

Veja a publicação de Olímpio Oliveira: