Fale Conosco

Preocupado com a iminente crise sanitária provocada pelos eventos de verão acontecidos em Cabedelo no último fim de semana, o governador João Azevêdo irá reunir sua equipe de Saúde para discutir a preparação da rede hospitalar para um possível repique de casos da Covid-19.

No sábado (08), o Fest Verão reunião uma multidão, que desrespeitava todos os protocolos sanitários, como o não uso de máscaras, para os shows dos cantores Wesley Safadão, Bell Marques e Belo.

“Do ponto de vista sanitário é preocupante. As pessoas não estavam usando máscara e é preciso que a gente tenha muito cuidado por conta do risco que poderemos ter, do que tivemos no início de 2021, que foi o repique da doença. Novos casos por conta das atitudes do final de ano”, pontuou o governador.

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, também condenou as aglomerações causadas pelos eventos privados. O gestor pessoense pediu que a população tenha bom senso para que não haja retrocesso nas flexibilizações das medidas contra o coronavírus.

“O que se pede, no mínimo, é o bom senso a essas pessoas. Para que não pratique a convivência em uma festa, mesmo privada, que ela não tenha o comportamento de não usar a máscara. Espero que isso sirva de lição e que os próximos eventos, independente de onde ocorra, as pessoas cumpram o seu papel”, destacou Cícero, que completa: “Se a própria população desrespeita, nós só temos a lamentar e espero que isso não nos proporcione a possibilidade de ter um retrocesso nas autorizações para as festas que eventualmente estejam sendo realizadas”.