Fale Conosco

A Secretaria de Saúde de Campina Grande está realizando um trabalho de monitoramento da paciente que foi identificada com a variante Ômicron, primeiro caso confirmado da Paraíba. Desde o dia em que foi realizada a coleta, em 13 de dezembro de 2021, as pessoas que tiveram contato com ela foram testadas e monitoradas e não houve transmissão com pessoas do núcleo, nem contato com pessoas de fora do seu núcleo de convivência.

A paciente é uma mulher de 31 anos de idade residente de Campina Grande que teve contato com uma irmã que viajou a São Paulo e testou positivo para a covid-19. A paciente iniciou os sintomas no dia 10 de dezembro, mas apresentou um quadro leve, evoluiu e teve alta.

A amostra coletada foi testada pelo Laboratório Central da Paraíba (LACEN-PB) e o sequenciamento realizado pela Fiocruz, que identificou a linhagem BA.1 (Ômicron). A família foi acompanhada durante o período de quarentena e a paciente já é considerada curada.

A confirmação do caso, apesar da não identificação de transmissão dessa paciente para outras pessoas, indica a possibilidade de transmissão comunitária da variante Ômicron na cidade, o que exige ainda maiores cuidados da população na prevenção à doença.