Fale Conosco

De janeiro a agosto deste ano, a Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), já distribuiu mais de 606 toneladas de alimentos para famílias em vulnerabilidade social, organizações não-governamentais cadastradas junto ao Banco de Alimentos e nas seis Cozinhas Comunitárias e dois Restaurantes Populares, que já distribuíram mais de 735 mil refeições este ano.

Somente o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) já executou 99,97% dos R$ 455 mil em recursos financeiros destinados ao programa. A porcentagem é acima da conquistada em anos anteriores. Os recursos se converteram em mais de 218 toneladas de alimentos que foram adquiridos junto a agricultores familiares da região metropolitana de João Pessoa.

“Continuamos passando por um momento difícil economicamente e garantir a segurança alimentar que tantas famílias precisam é imprescindível nesse momento. Estamos fazendo um trabalho focado no que é mais importante, as pessoas. Com essa execução recorde do PAA, sabemos que mais famílias estão tendo o que comer e, assim, terem esperança em dias melhores”, afirmou Felipe Leitão, secretário de Desenvolvimento Social.

O número expressivo de toneladas de alimentos distribuídos são um somatório de aquisições através do PAA, doações de empresas junto ao Banco de Alimentos, PAA-Conab, assim como as doações dentro da campanha “A vacina salva. A solidariedade também”, que continua acontecendo nos postos de vacinação contra a Covid-19, uma parceria entre a Prefeitura de João Pessoa e o Governo do Estado da Paraíba.

Outro equipamento importante para garantir segurança alimentar é o conjunto de seis Cozinhas Comunitárias em funcionamento na cidade administrados pela Prefeitura. As Cozinhas atendem as famílias em vulnerabilidade social nos bairros dos Novais, Gervásio Maia, Taipa, Timbó, Bela Vista e Jardim Veneza, com a distribuição gratuita de almoços durante a semana.

Junto aos Restaurantes Populares de Mangabeira e do Varadouro, de janeiro até agosto, os oito equipamentos somaram mais de 735 mil refeições distribuídas à população.

Nas Cozinhas Comunitárias, a entrega é gratuita. As famílias beneficiadas são previamente cadastradas e passam por visita de assistentes sociais para confirmar a necessidade de fazerem parte do programa. Já os Restaurantes Populares são abertos para o público em geral com refeição pelo valor simbólico de R$1. Todos os cardápios são acompanhados por nutricionistas e seguem as diretrizes do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT).

 

 

PMJP.