Fale Conosco

Mais 192 famílias vão poder morar em um espaço com segurança, dignidade e qualidade de vida. Elas vão habitar o Residencial Vista do Verde ll, no Bairro das Indústrias, entregue na manhã desta sexta-feira (18) pelo prefeito Cícero Lucena, o vice-prefeito Leo Bezerra e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

“Como prefeito, tenho a oportunidade de viver a rotina da cidade e tudo aquilo que vem pra melhorar a vida das pessoas nos renova. A casa própria é algo fundamental e o desafio que estabelecemos é iniciar a construção de quatro mil unidades ainda este ano. Com a diferença de que nossa política traz a habitação acompanhada de escola, PSF, vaga na creche e trabalho social. É uma obra de engenharia social e que traz esperança de um futuro melhor”, declarou o prefeito Cícero Lucena, que esteve acompanhado da primeira-dama Lauremília Lucena.

O ministro Rogério Marinho destacou a implantação de um programa habitacional que cobre todo o Brasil. “Esta obra é um símbolo desse trabalho, pois estava paralisada desde 2015, e fizemos um esforço para concluí-la, e fazer a sua entrega é extraordinário. A parceria com a Prefeitura é benéfica e estamos conversando com o prefeito para fazermos novas parcerias para contratarmos novos empreendimentos na cidade ainda este ano”, revelou.

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro afirmou que é no lar onde se cultiva a família, que acredita ser a base de tudo. “Está obra é fruto de uma parceria que vai se ampliar e os gestores podem contar conosco, no Congresso, para contemplar cada vez mais pessoas com moradias”, declarou.

Durante a solenidade foi feita a entrega simbólica de chaves a um grupo de 12 famílias, que representaram todos os moradores do novo condomínio. Segundo a secretária de Habitação do Município, Socorro Gadelha, a partir da próxima segunda-feira (21), os demais contemplados vão receber suas respectivas chaves, obedecendo a um calendário organizado pela Equipe Técnica e Social da Secretaria de Habitação Municipal.

Leonardo Figueiredo, de 29 anos, foi um dos beneficiados com a casa própria. Ele morava de aluguel com a esposa e dois filhos pequenos, e agora recebe sua casa própria. “Muda tudo na minha vida por eu ser cadeirante e na minha casa anterior a acessibilidade era muito ruim. Agora está tudo apropriado, adaptado, e eu só tenho a agradecer”, afirmou.