Fale Conosco

O Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio Burity (Ortotrauma) realizou 627 cirurgias no mês de maio. O número representa um aumento de 52% em relação ao mês de janeiro, quando foram realizados 412 procedimentos cirúrgicos no hospital. Ao todo, nos cinco primeiros meses do ano, o serviço realizou 2,6 mil cirurgias, sendo a maioria delas referente à especialidade de ortopedia.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Luis Ferreira, o aumento no número de cirurgias realizadas é atribuído às melhorias e transformações pelas quais o hospital tem passado nos últimos meses. “Agora o Ortotrauma está sendo valorizado de forma mais adequada e os resultados começam a aparecer”, afirmou.

Do total de procedimentos cirúrgicos realizados no mês de maio, 82% (515) foram de ortopedia e 13% (84) de cirurgia geral. O restante dos procedimentos foi nas especialidades de urologia, cirurgia plástica e cirurgia torácica. “Os números mostram o novo dinamismo que a Secretaria Municipal de Saúde e a direção do serviço estão dando ao atendimento e assistência naquela unidade hospitalar”, destacou Luis Ferreira.

Perfil dos usuários – Aproximadamente 70% dos pacientes que se submeteram a cirurgias no hospital durante o período de janeiro até maio deste ano são do sexo masculino, enquanto cerca de 30% são do sexo feminino. A média de idade desses pacientes é de 41 anos.

Avanços – O Complexo Hospitalar de Mangabeira vem passando por melhorias nos últimos meses, como a recuperação de enfermarias e repousos dos profissionais, novas instalações no bloco cirúrgico, reforma na área externa e aquisição de novos e modernos aparelhos.

No início de abril, o hospital recebeu 40 novos computadores para a implantação do prontuário eletrônico de pacientes no serviço. Com a informatização da unidade, os prontuários dos pacientes ficarão cadastrados de forma digital, possibilitando que a pessoa seja encaminhada de um hospital para outro e as informações médicas dela estarão unificadas.

Serviço – O Ortotrauma é referência em cirurgia de urgência e emergência de áreas abaixo do cotovelo e abaixo do joelho, conforme pactuação firmada com o Ministério da Saúde. Além disso, também realiza pequenas cirurgias sem internamento, consultas, exames laboratoriais e por imagem e atende urgências psiquiátricas por meio do Pronto Atendimento em Saúde Mental (Pasm), que funciona 24 horas.

 

 

PMJP.