Fale Conosco

O ex-ministro da Cultura, Sergio Paulo Rouanet, morreu neste domingo (3) no Rio, aos 88 anos. Ele foi o autor da Lei de Incentivo à Cultura e, ao lado da sua mulher, a filósofa de origem alemã Barbara Freitag, fundou o Instituto Rouanet.

Nascido no Rio de Janeiro, em 23 de fevereiro de 1934, Rouanet foi eleito para a Academia Brasileira de Letras em 23 de abril de 1992, na sucessão de Francisco de Assis Barbosa.

A morte foi comunicada pelo instituto, em nota: “É com muito pesar e muita tristeza que informamos o falecimento do embaixador e intelectual Sergio Paulo Rouanet, na manhã do dia 3 de julho. Rouanet batalhava contra o Parkinson’s, mas se dedicou até o fim da vida à defesa da cultura, da liberdade de expressão, da razão, e dos direitos humanos. O instituto carregará e ampliará seu grande legado para futuras gerações”.

A Lei Rouanet, como ficou conhecida, permite que pessoas físicas e jurídicas destinem parte dos recursos que iriam para o pagamento do Imposto de Renda ao financiamento de obras artísticas.

Sergio Paulo Rouanet deixa a esposa e três filhos: Marcelo, Luiz Paulo e Adriana.