Fale Conosco

Tido e agiindo como o candidato do blocão ao governo, o ministro Aguinaldo Ribeiro tem dois problemas hoje para administrar.

Foi acusado pelo jornal O Globo de usar jatos da FAB para fazer campanha na Paraííba e segundo seu pai, Enivaloi Ribeiro, sua candidatura a governador é um blefe.
Ontem (02) durante solenidade em Campina Grande, o ex-deputado federal Enivaldo Ribeiro pai do deputado federal licenciado e atual Ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP), desmentiu a possibilidade de seu filho entrar na disputa pelo Palácio da Redenção no próximo ano. Deixando assim novamente o blocão sem nome. 

Segundo Enivaldo, o ministro Aguinaldo Ribeiro não será candidato a governador nem a senador. Vai é disputar a reeleição a deputado federal. Embora haja resistência para apoiar o candidato do PMDB ao governo, o PP não apresenta nenhum nome como pré-candidato.

Aguinaldo também preferiu não colocar seu nome, pelo menos até o momento, talvez vendo a concorrência cruel que está posta até o momento, com a reeleição do governador Ricardo Coutinho, a pré-candidatura de Veneziano Vital do Rêgo pelo PMDB e quem sabe do senador Cássio Cunha Lima (PSDB). “Vamos falar sobre política noutro momento”, desconversou, em João Pessoa. “Com uma agenda tão extensa de trabalho, vamos deixar para falar de política noutra oportunidade”, derivou horas depois em Campina.

Restaria então ao blocão os nomes do deputado federal Leonardo Gadelha (PSC) e Lúcelio Cartaxo (PT), resta saber quem cederá seu nome, abdicando de uma postulação mais fácil ao poder legislativo.

Redação