Fale Conosco

As empresas que não tiverem o controle das informações dos seus clientes serão multadas a partir deste domingo (1°). A Lei Geral da Proteção de Dados começou a valer e as penalidades poderão variar entre 2% do faturamento do grupo econômico até R$ 50 milhões de reais por infração.

A diretora da Autoridade Nacional de Proteção de Dados, Nairane Rabelo, ressalta que se houver mais de uma infração o valor da multa poderá ultrapassar os R$ 50 milhões.

Há uma semana a empresa de cibersegurança Syhunt, que tem sede em Portugal mas atua no Brasil, descobriu que hackers tiveram acesso a 227 milhões de CPFS de pessoas vivas e até de pessoas que já morreram.

Além disso, a empresa também constatou que 13 mil imagens de documentos estão sendo vendidas em fóruns na internet. Cada imagem pode custar até R$ 1.500.