Fale Conosco

Dentro da pirotecnia esperada para um governador impopular, o esforço concentrado para melhorar a relação de RC com a imprensa e com o povo ganha mais um capítulo hoje e sua excelência fará um esforço danado para conviver com jornalistas do café da manhã até o almoço. 

Ao invés de convidar a imprensa para visitar obras em João Pessoa o governador deveria promover um tour pelas delegacias, especialmente no período noturno quando apenas duas ficam abertas para atender mais de 700 mil pessoas. 

Ao invés de convidar comunicadores para mostrar o que tá fazendo deveria convocar o povo para usufruir do que o seu governo fez e é aí que as dificuldades de relacionamento começam, pois pouco ou nada fez.

Outra hipocrisia dessa visita às obras com a imprensa é que grande parte dos veículos escalados estão usufruindo das verbas da SECOM e bastava mandar um release que todo mundo publicava.

Além das calorias das bocas livres do Cannele e do Bastos Gold, em que acrescentará aos jornalistas contemplados naquela lista da Antares esse périplo matinal com o governador?

Ninguén gosta dele, ele não gosta de ninguém, mas todo mundo quer manter o emprego ou o banner no portal, ou no mínimo o curriculo sem processos na Justiça. 

O fato novo é que pelo menos dessa vez a imprensa não foi convocada para fazer estardalhaço em torno de uma ordem de  serviço, mas para visirar obras em andamento e que serão dentro do pacote de bondades de sua excelência. 

É por isso quando escuto alguém dizendo “deixa o mago trabalhar”, eu pergunto: e quem tá impedindo? Se ele não trabalha é por que não quer.

EM TEMPO: apenas oito jornalistas entraram no ônibus disponibilizado pelo Governo do Estado  sendo que quatro deles pertencem ao mesmo sistema de comunicação, para uma visita do governadfor as obras. Cá pra nós, a SECOM podia ter mandado uma Kombi.