Fale Conosco

Na tarde desta quarta-feira (29), representantes das cúpulas do PSL e do Democratas decidiram o novo nome do partido que será originado com a fusão dos dois grupos. Foi escolhido ‘União Brasil’ que terá como número 44.

Para sacramentar a união das siglas, será feita uma convenção entre PSL e DEM 6 de outubro ou 20 de outubro. Conforme Efraim Filho, líder do DEM na Câmara dos Deputados, o nome e o número foram escolhidos após a realização de pesquisas qualitativas.

O layout do novo logo está sendo discutido pelas duas legendas. Luciano Bivar, presidente nacional do PSL, comentou que a cúpula do partido ainda deve analisar o nome escolhido e que uma equipe de marketing ainda realiza estudos. Bivar também deverá presidir a legenda.

O União Brasil será o maior partido do país com 1 deputados federais, sete senadores, três governadores e R$ 160 milhões de fundo partidário. De acordo com o presidente nacional do DEM, ACM Neto, a fusão tem como prioridade “lançar um candidato à Presidência da República”.

“Haverá baixas entre os parlamentares bolsonaristas, como o próprio filho de Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, que formalizarão a saída do PSL para não fazerem parte do novo partido assim que a fusão estiver próxima de ocorrer. Analistas acreditam que um total de 25 deputados federais deixará a sigla”, afirma reportagem da Fórum.

Com informações de CNN Brasil