Fale Conosco

A audiência que a Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados realizaria na próxima terça-feira (5) para debater as medidas provisórias que tratam sobre a venda de combustíveis (MPs 1063/21 e 1069/21) foi cancelada.

O deputado Danilo Forte (PSDB-CE), que pediu a audiência, lembra que, no acumulado deste ano até agosto, o preço da gasolina já avançou 31,09%, enquanto o do diesel acumula alta de 28,02%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Ainda segundo o deputado, a alta dos combustíveis já levou 25% dos motoristas de aplicativo a desistir de trabalhar nas plataformas, gerando ainda mais desemprego.

“A incidência tributária é um fator determinante em relação a esses valores comercializados no mercado e, dentro dela, se enquadra a questão da insegurança em relação ao álcool, visto que a carga tributária entre os atores envolvidos com as novas regulamentações não ficou bem definida”, observou o deputado, em sua justificativa para a realização da audiência.

Ainda não foi definida nova data para o debate.

 

 

Redação com Agência Câmara de Notícias.