Fale Conosco

O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, deu “total liberdade” a João Azevêdo e o diretório estadual do partido na Paraíba para decidir qual candidato à presidência da República apoiar em 2022. Como o governador demonstra aproximação com a possível candidatura do ex-presidente Lula, é possível que João esteja ao lado do petista.

Com visita à Paraíba marcada para o fim deste mês de julho, Lula deve se reunir com o gestor estadual e este momento pode definir as futuras alianças políticas de ambas partes.

Na terça-feira (6), João Azevêdo esteve em Brasília, onde conversou com o presidente do Cidadania sobre composições eleitorais para o próximo ano. “Estamos aguardando o resultado das reuniões que ainda estão acontecendo sobre os diversos temas das eleições de 2022, como será a regra do pleito, por exemplo”, declarou o governador.

João se refere a possibilidade do Cidadania lançar candidatura própria para figurar como uma terceira via no pleito presidencial, que possivelmente terá embate protagonizado por Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva.

No cenário estadual, desde a eleição passada para o Governo do Estado, João Azevêdo mostra alinhamento político com o PT, quando o ex-deputado Luiz Couto disputou vaga para o Senado Federal em sua chapa. A probabilidade é que a aliança seja mantida no ano que vem.