Fale Conosco

O advogado do presidente Jair Bolsonaro e do senador Flávio Bolsonaro, Frederick Wassef, foi ao Senado nessa sexta-feira (25), no momento em que acontecia a reunião da CPI da Covid para depoimento do servidor do Ministério da Saúde Luís Ricardo Miranda e o irmão dele, o deputado Luis Miranda (DEM-DF).

Wassef reclamou que estava sendo citado por senadores e que haveria um pedido de quebra de sigilo contra ele – o que não existe, como mostra o sistema do Senado.

Senadores da oposição criticaram a presença do advogado na Casa, que, inclusive, não usava máscara. O uso do equipamento de proteção é obrigatório nas dependências do Senado.

A ida ao banheiro feminino teria acontecido para que o advogado “se esquivasse” dos repórteres.

A jornalista Andréia Sadi citou que, conforme comprovado no flagra do vídeo abaixo, o advogado não foi convocado para depor durante a CPI da Covid. Em fatos passados, foi na casa dele que ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, foi preso.

 

 

Foto: Sarah Teófilo/ Correio Braziliense.