Fale Conosco

A segurança alimentar das famílias que desocuparam a área de Mata Atlântica no bairro de Mangabeira, conhecida como Dubai, e estão instaladas no ginásio Hermes Taurino e na Escola Municipal João Gadelha, vem sendo garantida pela Prefeitura de João Pessoa.

Até esta quinta-feira (2), foram distribuídas 21.877 refeições, entre café da manhã, almoço, jantar e lanches, totalizando cinco refeições por dia sendo entregues às famílias. A responsabilidade ficou dividida entre a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuc).

A Sedes vem seguindo um rígido controle de qualidade, com cada refeição sendo preparada nas Cozinhas Comunitárias e Restaurantes Populares administrados pela Secretaria, seguindo as diretrizes do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) e sob supervisão de nutricionistas, tanto no momento da produção quanto da distribuição.

“Estamos distribuindo as refeições nos dois pontos com extremo cuidado desde o momento do preparo até a distribuição, inclusive com o prefeito Cícero Lucena e a primeira-dama estando por dentro de todas as ações junto às famílias da Dubai. Infelizmente, algumas pessoas estão utilizando os que se encontram em situação vulnerável para atenderem seus projetos políticos individuais e acabam prejudicando o trabalho da Prefeitura. Estamos muito certos de que estamos fazendo um bom trabalho e vamos convidar o Ministério Público para que faça uma visita, acompanhando todo esse processo, e possa atestar a qualidade do que é servido às famílias”, enfatizou Felipe Leitão, secretário de Desenvolvimento Social.

A Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania reforçou que vem seguindo os mesmos critérios de qualidade na produção e distribuição. “Estamos prezando pela qualidade do que é servido e a gestão municipal vem trabalhando para que as famílias recebam alimentos bem preparados, balanceados e que atendam às suas necessidades”, destacou a diretora de Assistência Social, Benicleide Silvestre.

Outras ações – As famílias também estão sendo incluídas no programa Auxílio Moradia, gerenciado pela Sedes, que até o momento tem 90 processos finalizados e prontos para pagamento do benefício.

Ainda estão sendo distribuídos kits de higiene, leite, fraldas, enxovais às mulheres grávidas e que estão dentro dos critérios para receber o benefício, além da presença, 24h por dia, de assistentes sociais, psicólogos e conselheiros tutelares nos pontos de abrigamento.