Fale Conosco

O deputado federal Efraim Filho (DEM) rebateu às criticas feitas por Jair Bolsonaro ao modelo de votação na urna eletrônica. O parlamentar mostrou que está alinhado com o DEM, um dos partidos que assinou nota conjunta contra o sistema de impressão do voto, ao declarar que o presidente precisa estar preparado para ser derrotado em 2022.

“Na política, a gente tem que estar preparado para ganhar e para perder. Mas, jamais, ameaçar a legitimidade e a soberania do voto, da vontade popular”, disse em entrevista ao programa Correio Debate veiculada nessa segunda-feira (12).

Efraim ainda destacou que Bolsonaro foi eleito em 2018 com o sistema de votação eletrônico e que no próximo ano o mesmo modelo irá eleger os candidatos submetidos ao pleito nacional.

“O veredito que vai valer é o das urnas em 2022. É a vontade do povo que elegeu Jair Bolsonaro em 2018, mas que irá valer também em 2022”, completou.