Fale Conosco

As 81 mil doses da vacina Sputnik V, que serão adquiridas pelo Governo da Paraíba, podem ser usadas em um projeto piloto que será desenvolvido em Sousa. O município estuda a vacinação em massa da população contra Covid-19.

Daniel Beltrammi, secretário Executivo de Gestão de Unidades de Saúde da Paraíba, afirmou que as doses do imunizante podem ter múltiplas funções, entretanto, ele não descartou a possibilidade de vacinação em massa em Sousa. Na cidade de Serrana, no estado de São Paulo, um projeto semelhante foi realizado.

“As doses podem nos ajudar a completar a cobertura vacinal das pessoas, dos grupos que estão em aberto e também nos ajudar a fazer um empreendimento científico muito importante que é ajudar o Brasil a conhecer a efetividade, não estou falando mais da eficácia – eficácia é lá com a indústria, quem fabrica, com produtos menores – mas conhecer a efetividade, segurança da vacina”, destacou.

O secretário frisou que assim como a Coronavac (Butantan), Astrazeneca (Fiocruz) e Pfizer, a Sputnik V também necessita de duas doses para o cronograma de vacinação estar completo. Daniel Beltrammi ressalta que a pasta ainda está planejando a possibilidade da imunização em massa no município de Sousa.