Fale Conosco

O presidente do PSOL da Paraíba, Tárcio Teixeira, protocolou nesta terça-feira (8) uma representação junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) por causa de um ataque virtual praticado no último domingo (6) durante o lançamento da pré-candidatura do músico Escurinho a vereador em João Pessoa. De acordo com a sigla, no momento da reunião, algumas pessoas que se inscreveram para participar do evento queriam apenas tumultuar e chegaram a ligar microfones e reproduzir áudios e imagens pornográficas e racistas.

A representação feita hoje ao TRE da Paraíba cita que o PSOL vem sendo alvo de hackers em todo o país. “É ato contra o qual se exige urgente e enérgica providência, identificando os responsáveis, desarticulando a engenhosa rede que se forma em torno destes abjeto “criminosos”, responsabilizando individualmente cada um dos participes e seus mentores intelectuais, identificando a forma de organização e financiamento desta quadrilha, inclusive se possuem ramificações no Estado da Paraíba, fazendo prevalecer no caso aqui em análise o império da lei e a justiça do processo eleitoral que se avizinha”, diz o político na representação.