Fale Conosco

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio do Comitê Municipal de Gerenciamento da Covid-19, durante reunião que aconteceu no dia 23 de setembro, decidiu adiar para outubro o retorno das aulas presenciais para os anos finais (8º e 9º anos) do Ensino Fundamental II e das crianças menores e bebês de seis meses a dois anos.

“Considerando já estarmos sob a incidência da variante Delta, é necessário mantermos cautela, aumentar os procedimentos e as medidas de segurança, nas instituições escolares, mesmo que não tenhamos registrado nenhuma ocorrência no âmbito das nossas unidades em funcionamento presencial, inclusive, considerando o processo de testagem realizado por amostragem nas instituições com aulas presenciais”, disse a secretária da Sedec, América Castro.

8º e 9º anos – a retomada das aulas para esse grupo será no dia 6 de outubro. A decisão do adiamento provisório surge nas análises e avaliações feitas em torno do perfil da adolescência que caracteriza este grupo, e, sobretudo, ao desempenho dos grupos que já retornaram às instituições escolares e às decisões legais das autoridades municipais competentes para deliberarem sobre as medidas relativas à pandemia.

Berçário – crianças menores e bebês de 6 meses a dois anos, que carecem de cuidados e atividades pedagógicas que exigem um contato físico permanente, em face da alimentação assistida, trocas de fraldas e higiene individual com demanda de rotatividade de atendimento profissional, e considerando ainda que estas crianças são mais vulneráveis a processos gripais, alérgicos e virais, que as mesmas não poderão usar máscaras de proteção por não ser este um procedimento apropriado para idade, é necessário cautela.

Neste sentido, é recomendando adiar por mais 30 dias a volta das crianças do maternal e berçário, momento em que nova avaliação do quadro epidemiológico e do processo de retorno à presencialidade deverá ser feita.

Dessa forma, o adiamento garante uma maior segurança aos estudantes e suas famílias e a toda equipe de profissionais da educação das unidades de ensino, de modo que as equipes escolares continuem fazendo o gerenciamento das atividades presenciais, com o apoio da Secretaria, dentro de um patamar de segurança adequado à gravidade do contexto pandêmico que ainda se vive.

Etapas – dentro das cinco etapas já iniciadas 52 mil alunos já retornaram para as salas de aula, o que representa 71% dos alunos das escolas que retornaram.