Fale Conosco

Após reunião acontecida nesta quarta-feira (05) no Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar da Paraíba, em João Pessoa, os policiais militares decidiram rejeitar a proposta apresentada pelo governador João Azevêdo (Cidadania) em encontro ontem (04) na Granja Santana.

A categoria decidiu sugerir uma contraproposta à gestão estadual, com incorporação de 100% na bolsa desempenho, ao invés dos 80% sugerido pelo Estado, em um prazo de 36 meses.

Conforme o coronel Francisco, presidente da Clube dos Oficiais, a proposta dos militares dá margem para que a incorporação seja parcelada, não sendo a obrigatoriedade toda em 2022.

Os policiais ainda propõem um reajuste salarial de 20% para servidores da ativa e inativa, enquanto a proposta do Governo da Paraíba era de 10%.