Fale Conosco

Foi confirmado na manhã desta sexta-feira (10), pela perícia da Polícia Civil, que a morte de Anielle Teixeira, de 11 anos, foi causada por estrangulamento. Cristiane Helena Freire, perita e chefe do Numol de João Pessoa, revelou a informação durante entrevista à TV Cabo Branco.

A perita detalhou que a menina sofreu uma fratura em duas vértebras cervicais. Também foi detectado pelos peritos lama nas vias aéreas, levando ao entendimento de que Anielle aspirou barro enquanto ainda estava viva.

É aguardado ainda o resultado de exames que confirmarão a existência ou não de lesões que indiquem violência sexual. O corpo de Anielle Teixeira foi sepultado nessa quinta-feira (09).