Fale Conosco

Em artigo, a senadora Nilda Gondim fala da importância do xadrez na vida dos jovens. Fazendo uma relação com a mundialmente famosa série O Gambito da Rainha, a parlamentar destaca o quanto a popularização do jogo pode contribuir com a redução dos índices de delinquência e consumo de drogas entre os menores de idade.

Por esta razão, Nilda Gondim apresentou ao Senado Federal o projeto de Lei 2993/2021 com o objetivo de tornar a prática do xadrez obrigatória nas escolas públicas e privadas do Brasil. A senadora frisa que a prática traz vários benefícios aos jovens como melhoria da concentração, controle da ansiedade e o exercício da paciência.

Leia o artigo completo:

Xeque-mate!

Ano passado, uma série contando a trajetória de uma garota gênio em xadrez bateu recorde de audiência em plataformas de streaming. O Gambito da Rainha conquistou corações e mentes.
Nem todos são geniais diante do tabuleiro. Mas o xadrez, por si só, dá xeque-mate em graves problemas sociais.
E não estamos falando apenas de Brasil.
Pesquisadores americanos atestaram que a popularização do xadrez reduziu a delinquência e o consumo de drogas entre jovens de uma comunidade carente de Nova Iorque.
No nosso país, campeonatos promovidos pela Fundação Casa – que abriga jovens infratores paulistas – mudou a vida de dezenas de internos. E fez nascer uma legião de campeões.
Ao redor do mundo, trinta milhões de crianças têm acesso aos tabuleiros que aprimoram a cognição, a tomada de decisões e o escape das ameaças das ruas.
Com o projeto (PL 2993/2021) que acabamos de apresentar no Senado Federal, o objetivo é que esse acesso seja irrestrito também no Brasil, passando a ser obrigatório nas escolas públicas e privadas.
Não tenho dúvidas: o jogo milenar contribuirá para a melhoria do desempenho acadêmico, pois há fartura de estudos que relacionam a prática do xadrez com a potencialização da capacidade de raciocínio, além de melhorar a concentração, o controle da ansiedade e o exercício da paciência.
São bons e múltiplos motivos para colocar peões, bispos, reis e rainhas na vida acadêmica de nossas crianças e jovens a custo praticamente zero.
Benefícios que a paraibana Sara Soares de Medeiros, aluna do IFPB-Patos, conhece muito bem. Ela é a campeã brasileira de Xadrez Arena Feminina no E-NIF 2021.
À Sara e todos os jovens brasileiros, a hora é de dar xeque-mate nos problemas que nos atrasam e distanciam.