Fale Conosco

O que o Sistema Correio vai fazer com o candidato a tudo Nilvan Ferreira? Assumir e virar coadjuvante? Isso já foi feito quando trouxe ele de volta ao palanque da TV no horário do almoço, meio a que dizer – no plural – “perdemos mas estamos aqui de pé para o próximo embate”.

Que falta Fabiano Gomes faz quando saia batendo de porta em porta para garantir as contas do mês e até mesmo o décimo terceiro das centenas de funcionários do Sistema, Nilvan não faz.

Nilvan veste a camisa, como o Gordinho vestia? Duvido! Nilvan extrai; Fabiano multiplicava. Nilvan deprecia; Fabiano valorizava. Nilvan já entra no Sistema de costas contando os minutos para terminar o programa e deixar os estúdios; Fabiano morava dentro do Sistema e até sua saúde sacrificou pelo projeto coletivo.

Nilvan quando diz até amanhã no seu programa, tira o lapela, o ponto eletrônico e vai resolver suas coisas, seu projeto de poder. E o Sistema Correio que se lasque! É assim que Nilvan trata o trampolim e o mesmo ele deve pensar dos telespectadores…os fins justificam os meios.

Não entendo como é que o Sistema Correio mantem em sua programação alguém que usa sua audiência só para seus interesses pessoais e não veste a camisa da empresa.

Sinto falta do talento de Fabiano no Sistema Correio, não só do empreendedor que vestia a camisa e lutava ombro a obro em favor do crescimento coletivo, como o que garantia audiência ano após ano, seja no Correio Debate do Rádio ou na telinha da TV Correio.

Doutor Roberto, Bia, Alexandre…desaprenderam, foi? Decifra-me ou te devoro.

Dércio Alcântara