Fale Conosco

Entre a noite dessa terça-feira (05) e a noite de quinta-feira (07), o ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), será considerado o vice de Jair Bolsonaro (sem partido). Isso porque tanto o vice-presidente, Hamilton Mourão, quanto os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), estarão fora do Brasil neste período.

Conforme a Constituição, Fux é o quinto na linha sucessória, sendo antecedido pelos cargos ocupados por Mourão, Lira e Pacheco, respectivamente. Se o presidente se ausentar do país neste período ou fique impedido, por alguma razão, de governar, o chefe do Supremo assumirá o comando da Nação.

Hamilton Mourão, vice-presidente da República, está em viagem internacional desde 26 de setembro, na qual passou pelo Egito, Dubai e Grécia. O retorno ao Brasil está marcado para a noite dessa quinta. Já os presidentes da Câmara e do Senado viajaram, na noite de terça, para a Itália, onde terão reuniões preparatórias para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática de 2021 (COP26). A volta ao país só acontecerá no dia 12 de outubro.

Metrópoles