Fale Conosco

O deputado estadual Hervázio Bezerra não acredita na vice-governadora, Lígia Feliciano, que garantiu não ter rompido o governador João Azevêdo vislumbrando as eleições de 2022. Na última semana, após seu filho, Gustavo Feliciano, entregar o cargo na Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico do Estado, Lígia publicou vídeo afastando a ideia de ruptura da família Feliciano com a gestão.

Em entrevista programa Arapuan Verdade desta segunda-feira (13), o parlamentar opinou que houve a quebra de aliança entre o PDT e João Azevêdo.

“Engana-se quem quiser. Eu não. Dizendo que não há rompimento. Claro que há rompimento. Eu vi uma entrevista de Gustavo dizendo ‘eu entreguei (o cargo) porque não tenho como conciliar as atribuições da Secretaria com a candidatura. Aí eu pergunto: o cargo era do grupo. Então era substitui-lo”, pontuou Bezerra.

Hervázio ainda salientou o fato de que, nas últimas solenidades do Governo, Lígia Feliciano não se fez presente. “Nas solenidades importantes de ordens de serviço do governador João Azevêdo, solenidade no Palácio (da Redenção), no Espaço Cultural, vocês viram Lígia quando? Eu não me lembro”, frisou.

O parlamentar estadual também deu seu parecer sobre uma possível candidatura de Lígia Feliciano ao Governo da Paraíba: “É candidata porque ela pode ocupar um vazio, um vácuo. Política é uma nuvem, hoje é uma coisa e amanhã pode ser outra, e ela quer ocupar esse espaço. E tem outro objetivo: ela não tem nada a perder, contribui com a eleição do marido e a eleição do filho, que já disse que é pré-candidato”, arrematou.