Fale Conosco

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou nesta quarta-feira (9), a Operação Aratu, que tem como objetivo reprimir a ação de quadrilhas voltadas para o tráfico de drogas com atuação em vários estados da federação. Os grupos criminosos vêm sendo investigados ao longo dos últimos dois anos, tendo a PF apreendido nesse período diversos carregamentos de drogas e armas de fogo de grosso calibre. Também foram descobertas informações que ajudaram na elucidação de crimes como homicídio e sequestro.

De acordo com o órgão policial, estão sendo cumpridos 34 mandados de busca e apreensão nos estados da Paraíba,
Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, bem como no Distrito Federal, além de 18 mandados de prisão na Paraíba, Bahia, Pernambuco e no Distrito Federal. Participam dessa fase da investigação 200 policiais federais.

Os investigados foram indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ou porte de arma de fogo de uso restrito. Será concedida uma entrevista coletiva às 11h00, de hoje, na Delegacia da Polícia Federal em Campina Grande.