Fale Conosco

Após mais de cinco horas desde o início da apuração de votos, o resultado das eleições presidenciais americanas continua indefinido. O cenário indica para uma disputa apertada entre o candidato democrata Joe Biden e o republicano Donald Trump, a ser definida por Estados do Meio-Oeste, como Pensilvânia, Michigan e Wisconsin, justamente aqueles em que há grande volume de votos pelo correio a serem contabilizados e nos quais a apuração pode se estender pelos próximos dias.

Em breve discurso, Biden afirmou que a contagem dos votos pode demorar, mas “não é minha função nem a de Donald Trump dizer quem ganhou a eleição”. Durante a fala do adversário, Trump, que pressiona por uma definição rápida da eleição, tuitou: “Nós estamos indo MUITO BEM, mas eles (democratas) vão tentar ROUBAR as eleições”.

Já nas primeiras horas após o fechamento das urnas na terça-feira (03/11) ficou claro que a eleição não seria uma lavada para nenhum dos lados. Trump, que concorre à reeleição, saiu na frente na contagem em Flórida, Geórgia, Carolina do Norte e Texas, quatro Estados nos quais venceu em 2016 contra Hillary Clinton.

BBC