Fale Conosco

A pandemia aproximou os alunos da leitura e intensificou a contação de histórias na rotina da rede municipal de ensino de João Pessoa, estimulando também o empréstimo de livros. A informação é da diretora do Departamento de Programas Especiais da Secretaria de Educação (Sedec), Alcilene Andrade.

“Hoje as creches estão investindo mais na contação de histórias e paralelo a isso, temos salas de leituras do 6º ao 9º ano que fomentam as ações, algumas semanalmente, inclusive com rodada de discussões sobre a leitura, a exemplo da biblioteca da Praça da Paz, onde realizamos algumas atividades ao ar livre. A secretaria tem fortalecido esses projetos nas escolas”, informou.

Alcilene Andrade revela que a contação de história tem um papel importante na educação, porque faz com que as crianças trabalhem a criatividade e a imaginação, além de fazer com que aprendam a língua portuguesa. “É uma estratégia, inclusive, de fazer com que a aprendizagem do ponto de vista da leitura e da escrita, seja fortalecida”, frisou.

A Escola Municipal Antônio Santos Coelho Neto, na Penha, é uma das unidades de ensino da Prefeitura que investe na contação de história para melhorar o desempenho do aluno. Para tornar essa prática mais atraente, a direção criou o Cantinho da Leitura.

“Rodas de leitura e contação de histórias são fundamentais para a desenvoltura da criança em sala de aula. Essas atividades contribuem para o processo de alfabetização e estimula o gosto pela leitura”, afirmou a diretora da escola, Patrícia Santos.

A diretora do Departamento de Programas Especiais da Sedec, Alcilene Andrade, disse que as ações da pasta têm encontrado respaldo na população, “tanto é que as comunidades têm nos procurado para irmos às praças com essas atividades. Isso é muito bom”, destacou.

Com relação ao empréstimo de livros, ela destacou que muitas escolas investiram na distribuição de kits para que o livro pudesse chegar às casas dos alunos, estimulando o interesse pelo empréstimo das obras. “A distribuição foi feita junto com o material impresso das atividades entregue aos alunos desde o início do ensino remoto”, explicou, ressaltando que cada escola tem uma estratégia metodológica para empréstimo das obras quando há interesse por parte das crianças.

Segundo ela, a Sedec ainda está definindo a programação das rodas de leitura para 2022 devido a pandemia. “O retorno às aulas presenciais em 100% na rede municipal de ensino de João Pessoa está previsto para o dia 3 de março, vamos acompanhar esse início e definir nossas ações seguindo os protocolos sanitários”, completou.

 

PMJP.