Fale Conosco

Na manhã deste domingo (15) um eleitor foi preso em Itapororoca por vandalizar uma urna eletrônica. Após registar seu voto na Escola Colibri, riscou a urna eletrônica com o número do seu candidato. Por conta do ato de vandalismo, a votação precisou ser paralisada por alguns minutos naquela zona até que os responsáveis conseguissem realizar a limpeza do equipamento.

Outro caso foi o de um eleitor que chegou na sessão alterado. Desrespeitou a fila, a secretária e os mesários. Durante o voto usou de excessiva força com a urna e testemunhas relataram que faltou pouco para acontecer uma nova depredação. Mas a confusão não terminou aí, o eleitor retornou a sessão pouco tempo depois e ofereceu R$100 ao presidente de mesa para que ele pudesse votar novamente pois não tinha confiado na primeira tentativa.