Fale Conosco

O ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), revelou nesta terça-feira (22) o motivo da sua ausência na reunião da oposição paraibana, ocorrida na segunda (21) em João Pessoa. Segundo ele, não foi informada a pauta da encontro e, também, porque não compactua com o governo de Jair Bolsonaro, ao contrário dos presentes na ocasião.

O ex-gestor pessoense, filiado por muitos anos ao PT, inclusive já declarou seu apoio ao ex-presidente Lula, caso sua candidatura à presidência seja confirmada em 2022.

Perguntado sobre o cenário paraibano nas eleições do próximo ano, Cartaxo garantiu que irá fazer oposição a João Azevêdo, entretanto, ainda não decidiu qual cargo irá disputar. Ele aguarda a reforma eleitoral para definir sua candidatura.

Luciano Cartaxo se mostrou surpreso com a intenção do grupo oposicionista de unir forças em prol da pré-candidatura de Romero Rodrigues, ex-prefeito de Campina Grande.

“Naquele momento achei que não era oportuno se fazer um debate principalmente porque não tinha noção do que ia ser discutido e de uma forma até surpreendente saiu um lançamento de uma pré-candidatura. Mas isso faz parte do jogo democrático e político”, comentou Luciano Cartaxo.