Fale Conosco

Em entrevista à Jovem Pan News, Jair Bolsonaro disse que a Petrobras só lhe dá “dor de cabeça” e que os interesses da empresa são voltados somente para os acionistas. O presidente falava sobre alternativas para reduzir o preço dos combustíveis e repetiu sua fala sobre a possível privatização da estatal.

“Eu posso interferir na Petrobras? Eu vou responder a processo. O presidente da Petrobras vai acabar sendo preso. É uma estatal, que, com todo respeito, só me dá dor de cabeça. Nós vamos partir para a maneira de nós quebramos mais monopólio. Quem sabe até botar no radar da privatização”, declarou.

Depois, na mesma entrevista, o presidente minimizou o recorde de produção de barris da empresa:

“Outro dia um assessor chegou para mim e falou: ‘Olha, a Petrobras acabou de bater recorde na produção de barril por dia, 3 milhões e poucos de barris por dia’. Daí eu falei: ‘E qual a consequência disso?’, disse, acrescentando: “É uma empresa que hoje em dia está prestando serviço para acionistas, e mais ninguém. A chance de vocês perderam algo na Petrobras é zero”, completou.

Bolsonaro também afirmou que quem compra ações da Petrobras “não perde nunca”:

“Você compra ação de qualquer empresa, você pode perder. A Petrobras você não perde nunca. Ou seja, essa empresa é nossa ou é de alguns privilegiados?”, pontou.

Extra