Fale Conosco

Na última sexta-feira(10) o nosso ministro paraibano do Tribunal de Contas da União, Vital do Rêgo Filho, deu um freio na estratégia do presidente da República, Jair Bolsonaro, de financiar com recursos públicos os sites e outros canais virtuais que promovem ilegalidades. A decisão do paraibano tem caráter preventivo e foi tomada após a divulgação de que recursos da propaganda da Reforma da Previdência teriam sido usados em sites de jogo do bicho e até sites em russo.

Segundo as planilhas da Secretaria de Comunicação do Governo Federal, 14 dos 20 canais do YouTube que mais divulgaram a publicidade da campanha sobre a Nova Previdência do Governo Federal são voltados ao público infantojuvenil. Dentre estes canais está até mesmo o canal da Turma da Mônica. Mas não apenas canais infantis em português se beneficiaram, o canal Get Movies que tem conteúdo 100% em russo foi um dos mais contemplados com 101.532 anúncios.

Vitalzinho ainda cobrou que sejam explicados os gastos que incluem sites até mesmo de jogo do bicho, jogo de azar que é crime em todo o território nacional. “O caso em relevo — divulgar matérias afetas a regime jurídico-administrativo a crianças, sejam elas brasileiras ou de qualquer outra Nacionalidade — equivale a vender areia no deserto, gelo nos polos ou água nos oceanos”, afirmou o ministro Vital do Rêgo.