Fale Conosco

Na madrugada deste domingo (20) um dos homens que foram condenados pelo estupro coletivo que ocorreu na cidade de Queimadas foi morto a tiros enquanto bebia com amigos em uma barraca de espetinho com amigos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi chamado ao local, mas apenas constatou que o homem já estava morto.

A polícia investiga o crime através de duas linhas principais: vingança por conta do crime que lhe fizera ser preso ou se resquícios de uma rixa criada nos oito anos em que ele esteve preso. Jacó havia sido condenado a 30 anos e cumpriu oito deles no presídio de Segurança Máxima PB1, na Capital. Atualmente ele encontrava-se em liberdade condicional há dois meses e retornou à Queimadas.

O crime

No ano de 2012 cinco mulheres foram estupradas e duas delas foram mortas na cidade de Queimadas. A professora Isabela Pajuçara Frazão Monteiro, de 27 anos, e a recepcionista Michelle Domingues da Silva, de 29 anos, que foram assassinadas por terem reconhecido os agressores.