Fale Conosco

O deputado estadual Anísio Maia (PT) afirmou que foi informado de que sua atuação no Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) estaria sendo investigada. Pescadores de várias cidades revelaram que um questionário foi aplicado em diversas colônias do Estado.

O intuito era descobrir algo contra o deputado petista para intimidar a sua atuação parlamentar referente a denúncia sobre o tráfico de influência entre o Governo do Estado e o desembargador Joás de Brito Pereira Filho.

No entanto, Anísio já avisou que não recuará.

“Pode mandar pesquisar meu trabalho no Ministério da Pesca. Não temo. Foi um trabalho honesto e decente. Não tem ameaça que me cale. Vou pessoalmente entregar o dossiê ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba (TJPB)”, disse.

O processo administrativo, tombado sob o número 030211518/03/02/2011 da Secretaria de Saúde do Estado (SES), foi entregue em mãos ao deputado na Assembléia Legislativa da Paraíba (ALPB) pelo jornalista Dércio Alcântara. Na ocasião outros deputados e profissionais da imprensa também estavam presentes.

Além da questão sobre o tráfico de influência entre o Poder Judiciário e o Executivo, o processo denuncia também perseguição a servidores ligados ao candidato adversário do atual Governador do Estado nas últimas eleições.  Uma audiência com o presidente do Tribunal, Abraham Lincoln da Cunha Ramos, já foi marcada para a entrega do processo. A medida é para que as providências e encaminhamentos necessários sejam tomados.