Fale Conosco

Meio que por acaso eu encontrei ontem o meu velho amigo Wellington Roberto e, é claro, o seu fiel escudeiro de férias Chico Bonfim, assessor para assuntos etílicos e o cara que faz o deputado rir de orelha a orelha nas férias parlamentares.

Eles são grandes amigos, mesmo que vez por outra se abusem. Chico sempre de alto astral e Wellington fugindo da sisudez de Brasília e disposto ao no sense bonfiniano.

Uma aprontada inesquecível de Chico eu presenciei e tive que correr para o toalete para não passar vexame na portaria do Hardman Flat.

O ano era 2006 e estávamos todos envolvidos na reeleição de Cássio. Wellington tinha se elegido para o terceiro mandato e coordenava uma parte da campanha junto com Savigny.

Aquela adrenalina toda de segundo turno e Chico cismou de macaquear um japonês que tinha acabado de preencher a ficha no check in. Ele andava de um lado para outro igual o japa e sinalizava pra nós com o dedo mindinho, fazendo alusão ao micro pênis dos orientais.

A japinha percebeu e alertou o marido, que começou a xingar Chico em japonês e, fingindo que não era com ele, o gaiato continuava a imitar o japa e mostrar o dedo mindinho para gargalhada geral.