Fale Conosco

Quase passou despercebido do grande público uma declaração sincronizada do governador Ricardo Coutinho e do secretário de Comunicação Nonato Bandeira.

Os analistas políticos perceberam o recado e agora – mas não sabem onde se encaixa – vou filtrar para você o que eles quiseram dizer com a frase “não vamos articular uma CPI para investigar os atos de Maranhão”.

Primeiro, sugiro uma olhadela no sagres online onde qualquer um poderá constatar que Ricardo já tem um caixa de cerca de 400 milhões do saldo entre receita e despesas desses dois primeiros meses de governo.

O que isso tem a ver com o que vou ponderar agora? Tudo.

Apesar de está à frente dos destinos da Paraíba a menos de 100 dias o governador mexeu muito com a vida das pessoas, de empresas e do comércio.

Estes 400 milhões que ele fez caixa deveriam está em circulação e como não está provoca recessão na economia, afora a angústia e infelicidade de quem perdeu o emprego ou teve uma gratificação sustada.

Só que Ricardo formatou um discurso para respaldar o ato e este está calcado na moralidade, na boa gestão dos recursos, na exoneração de comissionados para enxugar a máquina e respeitar a Lei de Responsabilidade Fiscal. É tudo uma grande farsa!

O que fariam os exonerados se descobrissem que isso é balela e que Ricardo usou o Ministério Público para ser mais cruel com os servidores como nenhum outro gestor na Paraíba ousou ser?

Sabe-se que circula nos bastidores documentos capazes de provocar até uma tragédia.

Se vierem a público podem fazer rolar cabeças importantes e o próprio Ricardo será desmascarado em suas intenções, pois já existem provas gravíssimas do desvirtuamento da TAC assinada com o MPE. Alguém foi ou é ingênuo?

Sem falar em autoridades que seriam pegas de calças curtas prevaricando, desrespeitando as leis, ajudando a tripudiar das mais de 16 mil pessoas que foram postas na rua com um discurso mentiroso, com uma justificativa imoral e desumana. E outras milhares que perderam gratificações que até já estavam incorporadas pelo tempo conforme garante a Lei.

Na reunião interpoderes desta quarta feira um email vergonhoso poderia circular e tornar público o que acontece entre quatro paredes.

                                               

Que espaço um escândalo teria na mídia local? Quantos votos a oposição tem para instalar uma CPI? Quantas mentiras ainda serão contadas até que chegue a hora de se dizer um basta?

Como a melhor defesa é o ataque, logo aquela dupla de autoridades veio a público mandar um recado: “não vamos criar CPI para investigar Maranhão”, como quem quer dizer recolham as armas e não instalem a sua.

O governo de Ricardo Coutinho é uma mentira repetida várias vezes para ver se tem chance de um dia se tronar verdade absoluta.

Mas, a verdade tem pressa e nenhum compromisso escuso.

Aviso aos navegantes: pode me faltar paciência, mas não me faltará coragem.