Fale Conosco

Ana Maria Lins, primeira-dama do Estado, esteve, nesta quinta-feira (28), na Associação Paraibana de Equoterapia (Aspeq), em João Pessoa, onde fez a entrega simbólica de seis baias para a instituição. Essa entidade filantrópica é contemplada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Humano/Fundo de Erradicação de Combate à Pobreza (Funcep). Na obra, que abrange as baias para os animais, o muro e cercas do local, foram investidos, aproximadamente, R$ 178 mil. 

Em 2019, a primeira-dama Ana Lins visitou a instituição, ocasião em que recebeu essa demanda da presidência da entidade e prontamente solicitou que fossem feitos os encaminhamentos para que a obra fosse realizada. Ao retornar à Aspeq, ela expressou a alegria de ver a obra concretizada. 

“É muito bom poder voltar aqui e ver tudo o que foi feito. É como ver um sonho realizado. Esta é mais uma ação do Governo do Estado, que entrega essas baias e outros equipamentos para a instituição. A Aspeq faz um trabalho lindo com crianças e adultos com deficiência. A terapia com cavalos é feita por profissionais especializados com o objetivo de dar mais qualidade de vida às pessoas que mais necessitam”, frisou a primeira-dama.   

O secretário de Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, ressaltou a importância do Governo do Estado dar apoio às instituições que se dedicam ao trabalho com pessoas com deficiência. “Há uma parceria com a Associação Paraibana de Equoterapia e o Governo vem contribuindo não só com a manutenção das atividades, como com os novos investimentos. É o caso dessa obra que entregamos, junto com a primeira-dama. Então, entendemos que este é um serviço estratégico prestado, porque atende pessoas que precisam da equoterapia como forma de trabalhar o equilíbrio e várias funções motoras. Muitas delas em situação de vulnerabilidade social”, comentou.

A Associação Paraibana de Equoterapia foi fundada há 20 anos e atende 100 crianças, adolescentes e adultos com deficiência, realizando também um trabalho social com a comunidade. “Essa parceria com o Governo do Estado é muito importante para a instituição. Atualmente temos a manutenção dos equinos e veio esse recurso para a construção das baias, revitalização das cercas e muro lateral, os quais concluímos. Antes tínhamos cinco baias, então no tempo da chuva alguns animais ficavam ao relento; agora todos vão ficar abrigados”, explicou a presidente da Aspeq, Eva Maria Oliveira.

Equoterapia – É um tipo de terapia com cavalos que visa estimular o desenvolvimento da mente e do corpo. Ela serve para complementar o tratamento de pessoas com deficiência. Esse tipo de terapia é feito em um ambiente adequado e especializado, pois o cavalo deve ser manso e bem treinado para que o desenvolvimento da pessoa seja estimulado. 

A equoterapia é indicada em várias patologias como, paralisia cerebral, acidente vascular cerebral, autismo, deficiência visual, entre outras. O serviço é gratuito e a inclusão na terapia na Aspeq está sujeita a disponibilidade de vagas.