Fale Conosco

Nesta quinta-feira (28), o presidente do Pros na Paraíba, Michel Henrique, revelou que mantém um relacionamento ‘institucional’ com o governador do estado, João Azevêdo (Cidadania), e não descarta uma aproximação política com o gestor, com quem se reuniu recentemente para discutir pautas administrativas.

Durante entrevista ao Polêmica Paraíba, Michel comentou que tanto ele quanto a deputada federal Edna Henrique (PSDB) estão dialogando com o governador com o objetivo de angariar recursos para o Estado, por isso não há impedimentos para uma provável aproximação política.

“A gente não descarta dialogar com ninguém, dialogamos com todos e sobretudo com o governador, com quem temos um bom relacionamento em termos de institucionalidade. Toda vez que ele vai em Brasília, vai no gabinete da deputada, a gente se dá bem e não tem entrevero nenhum, então tudo pode acontecer”, admitiu.

Michel Henrique explicou ainda que o objetivo principal do encontro recente com João Azevêdo foi a efetivação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e do Centro de Hemodiálise em Monteiro, já que a deputada Edna Henrique destinou emendas que somam R$ 14 milhões para as obras.

“Nossa audiência foi para tratar da UTI de hemodiálise de Monteiro, que a deputada Edna colocou emendas para aquisição dos equipamentos para essa efetivação, bem como destinou recursos para construção física do centro de hemodiálise, então essa foi a nossa pauta de audiência com o governador”, acrescentou.

Michel Henrique também confirmou que pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba em 2022. O objetivo é preservar o legado do pai, o deputado João Henrique, que faleceu recentemente, vítima da Covid-19. “Estou conversando com as bases. Passando essa fase de dor e luto, vou fazer uma peregrinação nas bases do deputado João Henrique. Vou montar uma agenda para anunciar que iremos suceder o deputado na Assembleia Legislativa da Paraíba”, finalizou.