Fale Conosco

A lógica que norteia as decisões da gestão Ricardo Coutinho é mais do que cruel. É hilária. Porque mais cruel do que vetar é vetar e rir da desgraça alheia. E, tenham certeza, o governador rir do desespero alheio.

Soube que houve comemoração na Granja Santana quando o juiz Aluísio Bezerra confirmou o pedido do MP e declarou a PEC 300 ilegal.

Mais ainda, fiquei sabendo que a corriola foi à farra comemorar a desmoralização da Polícia e, numa sequência inacreditável de bravatas, brindava em um restaurante chique da cidade ao fim da carreira política do Major Fábio.

De outra parte, a mesma Justiça que julgou a PEC ilegal decretou a obrigatoriedade da convocação dos aprovados no concurso da Polícia Civil realizado ainda no governo Cássio.

Olhos fechados para esta decisão que não interessa, o governo Ricardo só comemora decisão judicial quando lhe oferece vantagem.

Alguém seria capaz de achar momento mais oportuno do que esse para convocar concursados das forças de segurança?

É conveniente, legal e não fere a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Só que este governo é cruel e hilário. Em uma das mãos tem uma chibata e na outra sal grosso para transformar a ferida em salmoura.

Até quando Paraíba?