Fale Conosco

Nesta sexta-feira (18), as bancadas do PT, PSB, PDT, PCdoB e Rede decidiram apoiar o grupo político de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na disputa eleitoral pela presidência da Câmara dos Deputados. A decisão veio após o PT, que tem a maior bancada da Casa, com 54 deputados, anunciar apoio ao futuro candidato apadrinhado por Maia, que ainda não foi anunciado. Juntas, as siglas de esquerda somam 123 deputados.

Com o apoio da esquerda, o total de votos pode chegar a 255. Esse cálculo leva em consideração a totalidade das bancadas de esquerda (com exceção do Psol), além de DEM, MDB, PSDB, Cidadania e PV, e metade da bancada do PSL — a parcela bolsonarista do partido deve votar no deputado Arthur Lira (PP-AL), rival de Maia e que é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O deputado paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP) e Baleia Rossi (MDB-SP) são os cotados para disputar a presidência da Casa. A junção do PT com outras siglas de esquerda é fruto de uma costura política que garante aos partidos presença na nova mesa diretora que comandará a Câmara em 2021.