Fale Conosco

O vereador Olimpio Oliveira ocupou a tribuna da Câmara Municipal, na manhã desta sexta-feira (16), para questionar a postura do prefeito Romero Rodrigues, no tocante ao propalado reajuste concedido pela prefeitura aos servidores municipais de Campina Grande, no valor de 3%.

Para o vereador o reajuste está muito abaixo da expectativa gerada na própria Lei Orçamentaria para 2017, que estimava um reajuste na ordem de 7%. Olimpio, disse ter recebido dos servidores várias reclamações, especialmente, sobre a situação dos servidores da Saúde, os quais ficaram de fora do reajuste de 5% concedido aos demais funcionários no ano passado, pois o governo propôs uma acordo com o objetivo de dar celeridade ao PCCR (Plano de Cargos e Carreira e Remuneração) dos Servidores neste ano, fato que não aconteceu.

Na oportunidade, Olimpio também disse que estranhava o fato de a prefeitura já ter pago os salários no último dia 30 de maio, com a implantação do 3% de reajuste, sem que o projeto tenha sido aprovado pela Câmara: “É uma falta de respeito ao servidor e ao Poder Legislativo. Será que esta Casa vai aceitar que o prefeito empurre de goela abaixo um reajuste pífio desse, sem respeitar as prerrogativas deste Poder?”, protestou Olimpio.

Os servidores aprovaram em assembleia uma proposta de reajuste de 26%, percentual esse, baseado na inflação e nas perdas que os trabalhadores sofrem pelo não cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração.

Assessoria de comunicaçãoVereador Olímpio Oliveira www.olimpiooliveira.com.br