Fale Conosco

O Panorama político para as eleições 2020 no município de Olho d’Água está similar ao Panorama política no município de Patos, embora o número de eleitores totalmente diferente, nos referimos às definições de pré-candidatos ao pleito majoritário, mas, como prometemos anteriormente, teremos um olhar individual.

Antes dizer do carinho que temos por todos os que administraram nossa terrinha, pois, cada um deixou suas pegadas de acordo com a sua capacidade de gestão e a sua vontade política e/ou vontade de permanecer na política.

Gerir uma cidade já foi bem mais fácil, quando não existiam verbas, projetos e programas federais, não se fazia nada e tinha o respeito do povo, a admiração pelo espaço conquistado, muitas vezes por nomeação, até pelo fato de não se ter o que levar para casa nem todos demonstrava interesse em participarem da política partidária e aí, se iniciou a percepção do prestígio com os políticos maiores, nascendo aí a competitividade.

Depois ainda funcionara tudo meio que por vaidade do título e foram se acirrando as disputas, alcançando até uma certa violência no período das campanhas, onde as famílias ficavam aflitas e aconteceram até tragédias, umas mais fortes outras mais amenas, foi quando as pessoas perceberam que as disputas eram em uma casa só e a torcida era que se maltratavam, se digladiavam, trocavam farpas e criavam rixas entre si e os mais sábios começaram orientar os seus para a tolerância, uma vez que os envolvidos diretamente, jamais ocorreria uma desunião permanente pela proximidade parental.

Minimizou-se a violência e a disputa ficou morna, a violência permaneceu tão somente no erário público e confesso que não é mais nem uma coisa proposital dos governantes, mas, circunstancial. A prefeitura de Olho d’Água está ingovernável, que seria necessário desconstruir a máquina para então começar do zero. É claro que ainda existem muitos eleitores amarrados de um lado e de outro que estão segurados pelo medo de soltar o passarinho e não ter direito a uma pena sequer e o pior, que muitos estão tirando do que é seu para permanecer ali pregado esperançando pelo medo de não sobreviver caso venha a soltar.

Uns acham que tem estabilidade funcional e é aquele emaranhado de pessoas penduradas de forma tão errada que quando aquela máquina explodir será um Deus nos acuda. Falando com sinceridade, o grupo político dominante de Olho d’Água que é dividido em dois lados indistintos, não se sabe o que sofre mais, se é o que se elege ou o que perde as eleições, dada a situação político-administrativa criada por eles próprios.

Para a minha terrinha retornar a ser governável é preciso que se construa uma subprefeitura no Distrito para que se reinvente a administração por parte, com a determinação e as atitudes que tem o melhor prefeito do Brasil, Serginho Meneguele, o prefeito tem que colocar a mão na massa.

Pessoal, um prefeito que só entra na cidade dentro de um carro com os vidros escuros e fechados, nunca vai resolver os problemas da nossa terra, não tem como um prefeito administrar sem sentar com os vereadores e secretários todos os dias e correndo dos problemas que muitas vezes todos enxergam.

O próximo prefeito para fazer a nossa terrinha retornar ser governável terá que sentar com o conterrâneo Josimar Caldas, que gastou aproximadamente, R$ 400.000.00 (Quatrocentos mil reais) na construção de um cemitério no conjunto Antonio Fausto, e que se predispõe legalizar a obra, ele até custeia o ônus para que os nossos mortos tenham uma sepultura digna, no mínimo, para que as famílias tenham uma sepultura individual e há 06 anos esse conterrâneo ver o que investiu jogado fora.

Josimar que fez aquela ação com o interesse de fazer um sepultamento digno para sua mãe que estava enferma, teve que passar pela mesma humilhação do sepultamento do seu pai, não tendo onde chorar a perda com a sua família.

O Próximo prefeito de Olho d’Água tem que criar uma agricultura familiar organizada às margens ou passagem das águas da Barragem Genipapo, criar cooperativas de mini-fábricas de polpa de frutas, plantio de mandioca e fabricação de goma, para levar parte do funcionalismo público municipal a trabalharem no associativismo e desinchar a folha de pessoal da Prefeitura.

Criar geração de emprego e renda, criar escolas de vida e escolas profissionais é o que vai tirar a nossa terrinha do Buraco.

Da Disputa

Para concorrer as eleições 2020 no município de Olho d’Água teremos a nova opção, que são dos pré-candidatos Garibaldo, o Bombeiro, com o Gestor de empresas Adauto Tavares, prefeito e vice, respectivamente, de quem esperançamos atitudes feito estas citadas acima, pré-candidatos que terão a capacidade de serem vistos no meio da rua à 07 horas da manhã de quase todos os dias na padaria comprando o pão do café da manhã e olhando o que de novo aconteceu na cidade.

Poderemos vê-los conversando com as pessoas na praça, nas bodegas, nos supermercados, nas portas dos cidadãos olodaguenses, se informando do que está acontecendo na família de seu Zé e dona Maria e no que o poder público poderá ajudar.

A situação mostra-se estar na concorrência com a mesma chapa, Genoilton e Isaac e embora fontes seguras nos passaram que já houve conversação entre situação e oposição para verem a possibilidade de unirem-se para sustentarem o Poder, porém, Dr. Chico se pronunciou publicamente que estará na disputa, o que é improvável, dada às circunstâncias jurídicas e também, como falei em uma live minha dias atrás, a idade dele pede tranquilidade e ele poderá sim, apresentar um nome de última hora que não terá o seu peso competitivo.

Essa instabilidade da candidatura de uma via tradicional, ela provoca aos olhos do eleitor, uma insegurança na outra que é situação. No quesito governabilidade não diferencia, ambos irão sofrer do mesmo jeito, haja vista, a vontade política será a mesma, as necessidades desses grupos na gestão serão as mesmas, as atitudes serão as mesmas, o respeito com o povo e com a cidade será o mesmo. Pois, não são ruins, apenas, não estão predispostos a aprenderem uma nova forma de administrar.

E aí Rita Bizerra, é bom ou ruim para Olho d’Água a reeleição de Genoilton? A mesma coisa e o mesmo sofrimento para ele e para o povo.

E aí Rita Bizerra, é bom ou ruim para Olho d’Água eleger o grupo de Dr. Chico? A mesma coisa e o mesmo sofrimento para ele e para o povo.

E aí Rita Bizerra, é bom ou ruim para Olho d’Água a vitória de Garibaldo e Adalto? Tudo será diferente. Ações inovadoras virão e não resolverão os problemas em um piscar de olhos, pois foram criados no outro século. O que sabe-se é que a esperança é real e mesmo não votando em Genoilton ou em Dr. Chico eu diria, quem me conhece sabe.

Outra coisa gente, o eleitorado de Olho d’Água já está comprometido para o governo do estado e deputados duas vezes e os deputados de Patos duas vezes também, na hora de votar pense cada eleitor em si próprio e não sejam iludidos que a urna eletrônica não é fuxiqueira ela não irá falar pra ninguém que você escolheu o melhor pra Olho d’Água.