Fale Conosco

A ocupação de leitos para covid-19 voltou a subir em Campina Grande. A taxa de ocupação das UTIs, que antes estava abaixo dos 30%, subiu gradativamente e agora está em torno de 48%. O aumento se deve exatamente ao encerramento dos leitos dos hospitais, que eram unidades majoritariamente de UTI. Os leitos de enfermaria seguem com ocupação de 24%.

Antes do fechamento do hospital de campanha, Campina Grande tinha 337 leitos do SUS exclusivos para o novo coronavírus. Após a desativação dos leitos do HU e do Trauma, o número de leitos passou a ser de 253. “Ou seja, a proporção subiu porque a oferta de leitos de internação caiu, mas não significa dizer que tivemos aumento de pacientes. O número segue estabilizado e, mesmo com essa desativação, temos uma situação confortável”, disse o secretário de Saúde, Filipe Reul. O município tem ainda 84 vagas de internação na rede privada.