Fale Conosco

A união do PSB. De forma geral, este foi o principal tema tratado na reunião de ontem (23) entre o governador João Azevêdo e líderes dos partidos do PT, do Rede, do PCdoB, do PMN e do PDT. Como nós já havíamos adiantado, o gestor não deu indício nenhum de que estaria de saída do PSB e os participantes do encontro confirmaram.

O representante da Rede, Gerson Vasconcelos, defendeu durante o encontro que os partidos façam um intermédio entre os integrantes do PSB para resolver a crise.

A presidente do PMN, Lídia Moura, contou que João aproveitou o momento para prestar contas do que vem executando no campo democrático.

Já de acordo com o dirigente estadual do PT, Jackson Macedo, as legendas devem manter contato tanto com o governador quanto com o ex, Ricardo. O objetivo é manter a união para que a esquerda “chegue firme nas eleições” do ano que vem.

O encontro entre os líderes aconteceu a portas fechadas, na Granja Santana, e contou com a participação do Secretário-Chefe do Governo e ex-presidente do PSB paraibano, Edvaldo Rosas.

Da redação