Fale Conosco

Caladinho, caladinho, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, do PSB, vai consolidando sua liderança na região nordestina e fazendo dos vizinhos esteiras para o seu projeto de chegar a presidência e fazer de Pernambuco o centro de tudo.

Vem aí o te receito porto daquele estado para amarrar de vez a dominação. E quem traz a notícia é a revista Veja desta semana.  A Nova Paraíba é covarde e subserviente. Não temos um governador, temos um gerente distrital subordinado os interesses daquela metrópole. 

Afunda o porto para Pernambuco fazer o terceiro, acaba com o São João de Campina para Caruarú decolar, e por aí vai.

Pernambuco, que já tem o Cais de São Pedro no Recife antigo e o moderníssimo Suape lá em Ipojuca, agora contará com o seu terceiro porto, desta em vez em Itamaracá. É ou não é a metrópole e nós o bairrozinho periférico?

Agora eu entendo porque o nosso governador Ricardo Coutinho não quer nem ouvir falar em Porto de Águas Profundas ou modernização do Porto de Cabedelo. Segue o script do que o presidente do seu partido determina que é “nós somos a capital e vocês o interior”.

Este novo porto vai exportar prioritariamente minério de ferro de olho na rodovia Norte-Sul, mas pela proximidade ainda maior com a nossa capital deve acabar engolindo o restinho do que resta do nosso porto.

Não se espantem se em muito breve João Pessoa perder o restinho das sedes regionais dos grandes órgãos e empresas privadas. Do jeito que vai, todo mundo vai acabar concluindo que é melhor centralizar em Recife e deixar João Pessoa como entreposto.

É a volta das Capitanias Hereditárias.