Fale Conosco

Uma das propostas do candidato Nilvan Ferreira (MDB) para a população de João Pessoa é a de criar o “Banco da Retomada”, caso ele seja eleito prefeito da capital paraibana. A proposta da criação do banco permitiria a concessão de empréstimos de até R$ 15 mil para beneficiários do Bolsa Família de João Pessoa.

Mas o candidato não explicou como se dará a a criação do projeto que necessitaria de um orçamento de R$ 30 milhões dos quais a PMJP não dispõe. Nilvan defende que o Gabinete do Prefeito de João Pessoa teria um custo de R$ 60 milhões, dos quais ele retiraria R$ 30 milhões para a criação do banco.

Ocorre que os recursos para o gabinete são no total de R$ 10 milhões para 2021 e na realidade seriam valores provenientes da Operação de Crédito do BID para o Programa João Pessoa Sustentável. Assim sendo não há abertura orçamentária para que este dinheiro ganhe um novo destino que não aquele para o qual foi originalmente planejado. Com esta impossibilidade a proposta de Nilvan para a criação do Banco da Retomada se mostra infundada.