ParaíbaPolítica

Mulheres socialistas do PSB realizam encontro estadual em Patos em apoio às pré-candidaturas de João e Vené

A Secretaria Estadual de Mulheres do PSB – Paraíba realizou neste sábado (14), o Encontro Estadual das Mulheres do partido, na Associação Comercial e Empresarial, na cidade de Patos, em prol do fortalecimento das pré-candidaturas a governador de João Azevêdo (PSB) e a senador do atual deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PSB). Para a presidente estadual das mulheres do PSB, Valquíria Alencar, a política de gênero do partido se ver representada pelos nomes de João e Veneziano.

O encontro reuniu diversos deputados como Estela Izabel, Nabor Wanderley e Antônio Mineral, além de prefeitos como o de São José do Bonfim, Rosalba Mota; São Bentinho, Giovana Olimpio; o vice-prefeito de Princesa Isabel, Aledson Moura, dentre outras lideranças de movimentos sociais e feministas que lotaram as dependências do auditório.

No seu discurso Veneziano lembrou o trágico episódio que se abateu sobre a parlamentar fluminense, vereadora Marielle Franco, vitima de um brutal assassinato. “Uma das maiores atrocidades que verificamos no Brasil, que merece nosso repúdio e cobrança de uma investigação séria que possa elucidar e punir quem foram os mandates desse crime político. Esse é um crime também entrou para o elenco de atrocidades que observamos neste país contra a mulher que muitas vezes é vítima, também de uma agressão verbal ou física e que deve ser combatida”, disse Veneziano destacando que caso eleito ao Senado vai levantar a bandeira das politicas públicas para as mulheres, implementando e acompanhando ações afirmativas de forma intersetorial como instrumento necessário ao pleno exercício de todos os direitos e liberdades fundamentais.

Já João Azevedo elencou as políticas públicas que o Governo do Estado vem desenvolvendo na gestão do governador Ricardo Coutinho que serão ampliadas no seu governo caso eleito, visando orientar, apoiar, coordenar, acompanhar e executar programas e atividades voltadas à implementação de políticas, diretrizes e ações governamentais para mulheres, população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), população negra, comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas, ciganos/as e comunidades de terreiro) e de promoção da igualdade racial e de gênero e da proteção dos direitos de indivíduos e grupos raciais e étnicos, LGBT e de mulheres afetadas por discriminação de gênero, racial, de orientação sexual e demais formas de intolerância.

 

Redação

Tags: Tags: